domingo, 19 de junho de 2011

mesquinhos


Fui egoísta demais. Por vaidade e esse egoísmo fui deixando a moldura se esvaziar e se despedaçar. Chegou um ponto que ele  quase nada refletia, e tão pouco reluzia. E foi se contradizendo com tudo o que já havia revelado. Foi lançando todas as suas armas contra os que já lhe fizeram algum mal e contra os que se descuidaram dele, fez de seus pedaços, de seus cacos o antídoto e sua maior artimanha. As usou na hora certa, com as pessoas certas, rasgando tudo que via em sua frente, machucou o máximo que podia alcançar. Apenas feriu e saiu. A sede de vingança parecia intensa, de certa forma era sede de sangue, e mas especifico sangue dos mesquinhos, e ele só se saciou quando viu que só restava uma gota de todo aquele sangue para que os outros ainda se mantivessem vivos e presenciassem  toda a sua gloria. A sua merecida gloria em cima dos mesquinhos.

(Ilana Odorico)

4 comentários:

  1. Está aberta a votação para Super SORTEIO By For You, Vote e Divulgue.. GRATO

    http://2for-you.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Flor obrigada pela vista RETRIBUINDO. Volte sempre
    Beijos isa

    http://instyllee.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi linda de volta ao batente.
    Gostaria de agradecer a visita ao blog e te desejar uma excelente semana.
    Mil Bjus
    www.cantinhodimulher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. haha, realmte de má eu não tenho nada :B
    Seguindo de volta amor, *-*
    Seus textos são lindos, ♥
    Bjs,


    blog-meninama.blogspot.com

    ResponderExcluir