sexta-feira, 11 de maio de 2012

Mais ou menos?


Agente pode dormir em uma cama mais ou menos, ter uma noite mais ou menos, acordar em um dia mais ou menos, vestir uma roupa mais ou menos, se servir de um café mais ou menos, ir em um lugar mais ou menos, ter um carro mais ou menos, morar em um bairro mais ou menos, ter uma casa mais ou menos, uma vizinhança mais ou menos, você pode ate olhar em volta e vê que a cidade é mais ou menos, que o governo anda mais ou menos, que a politica anda mais ou menos, que democracia anda mais ou menos, que verdade anda mais ou menos, que teu sapato anda mais ou menos, que as unhas anda mais ou menos, que o cabelo anda mais ou menos, que o celular é mais ou menos, que a grana anda mais ou menos, a escola mais ou menos, e o emprego mais ou menos, que tudo anda mais ou menos.

Vai passar um tempo, você vai parar, pensar, olhar, refletir e olhar.

E anda tudo do mesmo jeito, tardes mais ou menos, o humor mais ou menos, os amores mais ou menos, os dias e semanas mais ou menos, o almoço foi mais ou menos, o lanche da tarde mais ou menos, a maquiagem saiu mais ou menos, a noite de sábado mais ou menos, a letra mais ou menos, a prova mais ou menos, a nota mais ou menos, o seminário mais ou menos, as mensagens mais ou menos,o jogo mais ou menos, as ligações mais ou menos, acreditar no futuro ta mais ou menos,  andar pela noite mais ou menos, um dia de sol mais ou menos, o fim de domingo mais ou menos. Tudo parece ser mais ou menos.
Então dessa vez você faz diferente. Olha, reflete, pensa e para.

E então para pra vê que não é as coisas que anda mais ou menos, e sim você que anda menos. Que você que tava se deixando se tornar uma pessoa mais ou menos. Menos passiva consigo mesma, menos cautelosa, menos paciente, menos tranquila, menos eficaz, menos disposta, menos solta, menos viva. E se importando demais com o menos, com o que é menos, com o que te traz menos. Menos alegria, menos satisfação, menos vontade de sair, de sorrir ate de viver. A verdade é que você anda dando valor demais com as coisas por menos, se envolvendo de menos, e se importando com pessoas de menos.
Quem sabe a solução seja ver mais, ser mais, viver mais, fazer mais, tocar mais, ouvir mais, beijar mais, sair mais, andar com pessoas que sejam mais, sonhar mais, brincar mais, escrever mais, ler mais, e ate estuda mais. Quem sabe assim, você vai se dá mais... mais prazer, mais alegrias, mais conquistas, mais objetivos, mais anseios, mais desejos, mais motivos de estar com mais, e deixar de lado o que é de menos e tudo que só traz de menos na sua vida. E se importar com você mais, que te vai te trazer bem mais.

(Ilana Odorico)

Nenhum comentário:

Postar um comentário